Análise Financeira

 

   

A Análise Financeira permite verificar a situação económico-financeira de uma empresa.

O recurso a alguns indicadores, torna-se fundamental, sendo os rácios os mais utilizados por tornarem precisa a informação. São comparáveis, quer na mesma empresa, num certo período de tempo, quer entre empresas. Contudo, convém salientar que os rácios apenas constituem um instrumento de análise, que deve ser complementado por outros tantos.

A análise financeira é a capacidade de avaliar a rentabilidade empresarial, em função das condições atuais e futuras. Permite avaliar se os capitais investidos são remunerados e reembolsados de modo a que os rendimentos superem os gastos de investimento e de funcionamento, conforme o empresário, sócio ou acionista pretende.

Avaliação e interpretação da situação económico-financeira de uma empresa centra-se nas seguintes questões fundamentais:

- Equilíbrio financeiro
- Rentabilidade dos capitais
- Crescimento
- Risco
- Valor criado pela gestão

A informação da Análise financeira interessa a gestores, credores, trabalhadores e as respetivas organizações, Estado, investidores e clientes.

Cada grupo ou indivíduo tem diferentes interesses. Apesar desses objetivos poderem ser diferentes, as técnicas utilizadas baseiam-se, fundamentalmente, no mesmo conjunto de informações económico-financeiras, que a contabilidade dá:

- Balanço patrimonial
- Demonstração de resultados líquidos
- Demonstração dos fluxos de caixa